Se não conseguir visualizar correctamente este e-mail, clique aqui.

NEWSLETTER #35 2021
27 AGOSTO 

fotografia: Arlindo Camacho
FOGO FOGO

REVELAM "CA TA DA"
E ANUNCIAM A EDIÇÃO E PRÉ VENDA DO SEU PRIMEIRO DISCO
DE ORIGINAIS – FLADU FLA - COM CAPA DE VHILS
Os Fogo Fogo, projeto ímpar que celebra as influências e tradições de raiz lusófona, com origem na cultura musical cabo-verdiana e que reúne Francisco Rebelo (baixo), João Gomes (teclas), Edu Mundo (bateria), Danilo Lopes e David Pessoa (vozes/guitarra), revelam “Ca Ta Da”, o segundo single que antecede a edição do seu primeiro disco de originais – FLADU FLA - com pré venda já disponível.

“Ca Ta Da” que em português significa “Assim não dá” ou “Não vai dar” celebra a essência dos valores humanistas, de como o imaterial é a força, o sustém para a vida em sociedade (cada vez mais exigente e maquinal), com a musicalidade festiva a que os Fogo Fogo já nos habituaram.



Oh minha gente cuidado
Para quê viver tão depressa
A correr atrás do tempo
A pressa deixa mariado
O mundo que não tem calma
A viver sem sentimentos

De que serve comprar tudo?
Si nada un ka tem
Ao morrer não levas nada
Si nada ta dá
E para quê viver tudo?
Si nada un ka tem
Se não podes levar nada
Si nada ta dá

Rapazis nobu cuidado
Todo guenti teni pressa
Un sta corri atras di tempo
Sima ess mundo sta mariado
Nu cá ta vivi ku calma
Ta esqueci di sentimentos
P´ra qué que un kre compra tudo
Si nada un ka tem Si un sta morri ku nada
Si nada ta dá É midjor un vivi tudo
Si nada un ka tem
Si un ca podê leva nada
Si nada ta dá

Sem Amigos
Ca ta da
Sem Saúde
Ca ta da
Sem Amor
Ca ta da

Sem Dinhero
Ca ta da
Sem Saúde
Ca ta da
Sem Amor
Ca ta da


O vídeo oficial é uma animação da responsabilidade de Nuno Mendes que também remete para a capa do álbum, através da utilização de algumas das ilustrações da mesma, a qual foi feita pelo conhecido artista urbano, Vhils.



[CA TA DA]
VER VÍDEO


FICHA TÉCNICA VÍDEO
Direção e animação: Nuno Mendes - Ninjatranqui
Ideia Original, Storyboard e captura vídeo: Nuno Mendes ~ Ninjatranqui
Rui Pereira ~ Hibashira
Ilustração de capa: Vhils
Agradecimentos especiais: Joana Miguel e Lara Mendes



[CA TA DA]
DISPONÍVEL NAS PLATAFORMAS DIGITAIS


"FLADU FLA" COM CAPA DO ARTISTA VHILS
EDIÇÃO DIGITAL E CD A 17 DE SETEMBRO, VINIL A 8 DE OUTUBRO


[PRÉ-VENDA JÁ DISPONÍVEL]


A capa de “Fladu Fla”, primeiro disco de originais dos Fogo Fogo é agora revelada e deixa antever algumas das referências pelas quais o grupo se guia e que conduziram às temáticas das novas canções.

Inevitável e clara é a ideia de liberdade e/ou disposição a uma consciência de luta por liberdade, herdada de muitas individualidades que, para todos os membros da banda, são modelos de referência. A capa contém, deste modo, as imagens de artistas de intervenção política, como é o caso de José Afonso, José Mário Branco, assim como do político anti-colonialista Amílcar Cabral, que figura ao centro da mesma.

Associados pelo tipo de música que toca o coletivo Fogo Fogo, que intercepta Funk e Dub, reverenciam na capa os inesquecíveis Lee Perry e Tim Maia. O estilo Cola de San Djon também é alvo de destaque com a imagem de um “tambureru”.

Além das personalidades que muito dizem a Fogo Fogo, vários objetos também mereceram destaque nesta apresentação do álbum, para melhor contextualização do seu conteúdo sonoro. Estão, em representação de uma boa dose de psicadelismo, as mesas de mistura, pedais de efeitos, sintetizadores, guitarras elétricas e amplificadores.

Os locais ou as referências dos membros da banda também não foram esquecidos: Lisboa, Porto, Vulcão do Fogo, Moçambique e Cabo Verde.

Podemos também encontrar associações ao estilo funaná e às suas origens: A famosa cachupa, o grogue, búzio e altifalante e até um avião da companhia Cabo-verdiana TACV.

Todo este trabalho foi compilado e realizado por um artista que dispensa apresentações, que a banda muito admira e com quem há muito desejavam trabalhar. O seu nome é Alexandre Farto, mas é mais conhecido para lá do nosso mundo como Vhils.


Um disco:


com o apoio de:

A banda atua já no próximo domingo, 29 de Agosto, em Loulé, no Festival InterMedio 2021, na Cerca do Convento do Espírito Santo, no qual irão apresentar ao vivo os dois singles já editados “Hora Di Bai” e “Ca Ta Da”.




[COMPRAR BILHETE SEMANAL]
[COMPRAR BILHETE DIÁRIO]

VÍDEOS OFICIAIS



[ NOVO ÁLBUM ]
VER MAKING OF
[ DIA NÃO ]
VER VIDEO
[ M'BEM DI FORA ]
VER VIDEO
[ É SI PROPI ]
VER VIDEO
BOOKING

ANA MOITINHO
e: anamoitinho@radardossons.com
t: (+351) 918 214 864

HELENA PEDRO
e: helenapedro@radardossons.com
t: (+351) 968 618 117

JOANA DUARTE
e: joanaduarte@radardossons.com
t: (+351) 938 274 843‬

COMUNICAÇÃO

SARA ESPIRITO SANTO
e: sara@saradoespr.com
t: (+351) 966 756 906

ALDINA DUARTE • CAPICUA • CARLÃO • DA WEASEL
DELA MARMY • DJ GLUE • FOGO FOGO • FRED • ISAURA • LEFTY
LINDA MARTINI • MAFALDA VEIGA • MUNDO CÃO • MURAIS
ORELHA NEGRA • PAPILLON • RIOT • SLOW J • SUSANA FÉLIX

ARTISTAS INTERNACIONAIS & PROJETOS ESPECIAIS
AMARO FREITAS • CAPICUA & MULHERES DA LUSOFONIA
CONCERTO DE ÁGUA E SAL • EMICIDA • LÍNGUA FRANCA • MÃO VERDE
www.radardossons.com
RADAR DOS SONS - PRODUÇÕES CULTURAIS, LDA.
RUA DE PEDROUÇOS N.27 - ESCRITÓRIO 5-D • 1400-285 LISBOA
t: (+351) 21 301 92 12
® Radar dos Sons - Produções Culturais, Lda. • Todos os direitos reservados • 2010-2021